Hábitos profissionais ruins

Olá pessoal tudo bem? Vocês já pararam para pensar nos hábitos de vocês?

Os hábitos são ações que realizamos de forma repetitiva e muitas vezes de forma automática. São exemplos de hábitos do nosso cotidiano: realizar nossa higiene pessoal, nosso trajeto até o ambiente de trabalho, dependendo do seu ramo de atividade até nosso trabalho é realizado através do hábito.

Como tudo na vida temos hábitos bons e ruins. Primeiramente vamos deixar claro que os hábitos podem ser mudados de acordo com nossa vontade e/ou necessidade, é verdade que nem sempre essa tarefa é fácil, mas com persistência é possível.

Hoje vamos focar em alguns hábitos que acabam sendo prejudiciais no âmbito profissional, atitudes essas que muitas vezes é realizada de forma tão automática que impedem o crescimento profissional do individuo sem que ele perceba.

Vou listar desses alguns hábitos que impedem a ascensão profissional

  1. Reclamam da 2ª feira e torcem pela sexta – Peço que nesse item não me levem a mal, eu também adoro passar meu tempo livre com a minha família. A questão aqui é para algumas pessoas a atividade laboral se torna um fardo tão grande que quando a segunda feira se aproxima é até motivo para crises de ansiedade.
  2. Ser desorganizado – No ambiente profissional, a organização é uma qualidade muito importante. A partir do momento que o colaborador não realiza suas atividades com mínima organização ele pode prejudicar o andamento das tarefas a ser realizada pelos demais profissionais.
  3. Procrastinação – Aquele lema de deixar tudo para depois é um dos piores hábitos que se pode ter dentro do ambiente corporativo. Como o mundo anda bastante acelerado precisamos que as tarefas sejam realizadas em um curto período de tempo para que assim sejamos mais produtivos.
  4. Uso excessivo das redes sociais – Nesse item entram 2 hábitos: primeiro aquelas pessoas que se utilizam das redes sociais para desabafar problemas corporativos, ou falar mal da empresa e do chefe e no segundo caso é o uso das redes sociais no horário de trabalho. É nítido que a rede social se tornou um tomador de tempo, muitos funcionários “esquecem da vida” enquanto estão entretidos em seus celulares ou trocando mensagens muitas vezes sem necessidade naquele momento.
  5. Fofoca com demais colaboradores – A fofoca é um veneno em qualquer lugar mas no ambiente profissional ela pode tomar proporções que fogem do controle das pessoas que iniciaram o boatos. Caso uma pessoa queira lhe contar uma fofoca simplesmente pare essa pessoa e diga-lhe que esse tipo de assunto não lhe interessa.
  6. Medo de novos desafios – No nosso cotidiano os desafios são lançados diariamente para que nos superemos. Algumas pessoas simplesmente querem que as coisas permaneçam exatamente iguais. Quando lhes é proposto algum desafio, o medo não pode sobrepor a oportunidade de crescimento. Tem medo do desafio? Inicio com coisas simples e depois parta para desafios maiores mas não fique estagnado.
  7. Acreditar apenas na sorte – Para algumas pessoas todo e qualquer ganho ou destaque de outra pessoa vem da sorte que ela tem na vida. Infelizmente algumas pessoas acreditam que não é preciso lutar para conseguir o que se quer, acreditam que quem conquistou um posto mais alto ou o salário dos sonhos está lá por causa da sorte e não dos próprios méritos. Não caia nessa cilada, lute pelos seus objetivos e colha seus próprios louros.

 

Pessoal como disse no começo desse post as mudanças não são fáceis mas elas podem ser bastante gratificante. Se você não estiver satisfeito com os resultados que tem obtido na sua vida, que tal tentar mudar as atitudes? Só depende de nós mesmos.

Beijinhos estalados e até a próxima.

 

 

Anúncios