O desapego

O desapego

Porque é tão difícil desapegar? Desapegar de coisas, de amores, de períodos, de emoções…

Temos tanto apegos na nossa vida que é extremamente difícil elencar todos eles. Mas de onde vem essa dificuldade em fazer o caminho oposto?

O ser humano de um modo geral tem muita dificuldade em mudar, e não digo isso no sentido de mudar o que está tudo bem mas mudar até mesmo o que lhes faz mal.

 

Quem nunca teve uma amiga que está em um relacionamento tóxico e nós demos o precioso conselho: -Ah amiga larga dele, seja mais você… ou quantas vezes nós escutamos esse mesmo conselho sendo que a resposta era sempre a mesma: – Quero muito largar meu eu não consigo.

Essa cena vista de fora largar o que nos faz mal parece uma atitude bem obvia a ser tomada, porém não é tão simples quanto parece.

A mudança nos gera medo e ansiedade, o ciúme e o sentimento de posse nos faz querer que as coisas e pessoas estejam sempre ao nosso redor. Quando nos deparamos com alguma pessoa “desapegada’ nos surpreendemos, mas essa surpresa muitas vezes vem com sentimento de admiração pois queríamos ser assim em diversos momentos de nossa vida mas o tal do apego fala mais alto.

Algumas pessoas periodicamente tem o costume de fazer uma faxina geral no guarda roupa, em casa e até mesmo nas redes sócias. Esses momentos são de grande valia pois além de deixar nas lembranças determinadas épocas, abrimos espaço para o novo. A novidade assusta mas ao mesmo tempo ela é o combustível da vida.

Imagina se a sua vida fosse exatamente igual todos os dias, semanas, meses e anos. Qual a graça que teria viver?

Não estou dizendo que é fácil, e não entendam isso como uma crítica. Esse post é apenas uma reflexão sobre as atitudes cotidianas que nós temos e que podemos mudar.

Conheça um lugar novo, uma pessoa nova, um livro novo, doe coisas que você não usa. De a oportunidade dessas coisas fazerem bem a outras pessoas, crie novas histórias. Tem muito medo? Comece devagar, veja seu armário de maquiagem você realmente usa tudo o que está ali? Que tal dar aquele batom que ficaria lindo na sua irmã, amiga, mãe? Aos poucos vá fazendo uma limpeza geral na sua vida. Te garanto que vai ser libertador.

Hoje em dia carregamos uma bagagem muito pesada e difícil de carregar, mas ao desapegarmos de algumas coisas ou deixar tudo em seu devido lugar ( o que é passado fica no passado e o que é futuro aguardemos a chegada) nossa própria carga fica mais leve e damos mais espaço para as novidades e olha que estas podem nos surpreender.

 

Beijinhos estalados e até a próxima