A importância da rotina para o bebê….e para a mamãe

Olá pessoal tudo bem? Quando eu engravidei muito li e ouvi sobre a importância da rotina para o bebê, mas quando a Valentina nasceu percebi o quão importante é esse momento para nós mães e/ou cuidadores.

Creio que a primeira rotina que iniciamos com a Valentina foi sobre a alimentação, como tive dificuldade em amamentar (assunto para outro post) eu tirava o leite do meu seio com uma bomba elétrica e o dava na mamadeira para ela.

Primeiramente começamos com 30 ml e aumentando gradativamente. De acordo com a minha experiência quando a Valentina mamava tudo o que tinha vontade de uma única vez eu sabia que ela só iria mamar dentro de 3 horas. Alguns bebês são mais agitados e afobados na hora da amamentação por isso mesmo sugiro que este momento ocorra em um lugar calmo onde mamãe e bebê sintam a ligação entre eles naquele momento, vale também como dica colocar uma música relaxante para que o bebê se acalme e mame até se sentir saciado.

Após a rotina da alimentação estar estabelecida, iniciamos com a rotina do sono. Confesso a vocês que a Valentina é dorminhoca de pai e mãe…rs como ela nasceu prematura, por orientação do pediatra a acordávamos a cada 3 horas de madrugada para mamar pois ela precisava ganhar peso. Isso durou por todo o primeiro mês, após esse período não a acordávamos mais e ela passou a dormir das 22h às 5h30. A rotina que Valentina seguia e segue até hoje com 8 meses é: Uma hora antes do horário que pretendo que ela durma (hoje é as 21h) não ofereço mais estímulos a ela para que o processo de relaxamento se inicia, após esse momento dou um banho quente e relaxante com produtos próprios para estimular o sono. Mais relaxada e de banho tomado é hora da mamadeira noturna. Após essa rotina a coloco no berço com um paninho de boca ao lado, a chupeta e ela pega no sono sozinha.

Para auxiliar a introdução da rotina na vida da Valentina um livro me ajudou muito, além da rotina e si o livro me ajudou a entender aquele pequeno ser que estava sob meus cuidados. O nome do livro é Encantadora de bebês. Além de retratar tópicos importantes como a rotina (método easy), o livro mostra técnicas de como acordar o bebê, trocar fraldas, entre outras. Claro que cada realidade é única mas creio sim que seja uma leitura que vale a pena e a partir dela extrair o que é melhor para a sua realidade.

Por falar em realidade, acho que essa é a melhor dica que eu posso dar para vocês. Entendam a sua realidade! Não é porque deu errado com a sua amiga que dará errado para você, o mesmo vale para os casos que dão certo.

Entenda seu bebê, entenda as necessidades dele e entenda também a sua própria necessidade. Quando viramos mães tendemos a esquecer de nós mesmas. Com organização e empenho conseguimos extrair o máximo desse momento tão especial em nossas vidas.

PS: No início do texto utilizo os verbos na 3ª pessoa do plural, utilizo isso porque meu marido e pai da Valentina toma todas as decisões juntamente comigo. Tudo é conversado e ponderado até porque temos que “falar a mesma língua” pelo bem da nossa filha. E aqui em casa temos o seguinte lema: Pai não ajuda, pai faz. Temos esse ideal de vida porque a filha é nossa e ambos tem que estar cientes dos acontecimentos referente a família.

Espero que tenham gostado das dicas.

Beijos estalados e até a próxima.

Anúncios